Caspa

Data: segunda-feira, 14 de setembro de 2009 1 comentários

A Dermatite Seborréica é uma inflamação crônica que normalmente se manifesta em partes do corpo onde existe maior produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas. Quando essa afecção se instala no couro cabeludo, a denominamos de caspa.
Outra manifestação possível da caspa é através de um fungo de origem natural, denominado Malassezia, que se encontra no couro cabeludo de praticamente todas as pessoas. Esse fungo alimenta-se da oleosidade natural do couro cabeludo e fabrica subprodutos e ácidos que provocam irritação no couro cabeludo.
A caspa se manifesta sob a forma de lesões avermelhadas que descamam e coçam. Ela pode ser seca ou oleosa, sendo que a oleosa é conhecida como seborréia. A dermatite seborréica não é contagiosa e geralmente é considerada a forma mais grave de caspa, sendo uma afecção nas partes do corpo onde há maior produção de óleo por glândulas sebáceas.

Intensidade
•Leve – Pequenos flocos esbranquiçados junto ao couro cabeludo, próximos à raiz dos fios, visíveis somente com raspagem ou escovação.
•Moderada – Os flocos se encontram soltos entre os fios, sendo visíveis naturalmente — sem qualquer processo como raspagem ou escovação.
•Intensa – Descamação acentuada de flocos de tamanhos variados, abundantes e visíveis na superfície do cabelo e sobre os ombros do indivíduo.

Causas
As causas da dermatite seborréica são desconhecidas. Porém, alguns fatores podem agravar o quadro, tais como:
•alterações hormonais;
•estresse;
•clima seco ou frio;
•mudanças bruscas de temperatura;
•alimentação de baixo valor nutritivo, especialmente com falta de proteínas.

Tratamento

Não existe tratamento para a cura definitiva da dermatite seborréica, mas existem medicamentos específicos para a pele e couro cabeludo capazes de controlar os sintomas. Entre os mais conhecidos estão:
•sulfato de selênio;
•piritiona de zinco;
•corticóides;
•cetoconazol;
•ácido alfa-hidróxido (AHA).
Estes podem ser usados sob a forma de xampus, condicionadores ou tônicos capilares, com resultados bastante positivos no controle da caspa.

Higiene do Cabelo

Um dos cuidados básicos para quem tem caspa é o de reforçar ainda mais a higiene. As pessoas não podem deixar de lavar periodicamente os cabelos, pois a higienização capilar é realmente fundamental. A lavagem contribui muito para a remoção de agentes poluidores como poeira e elimina a oleosidade excessiva.
Além disso, é importante salientar que lavar a cabeça todos os dias não causa a queda dos fios, como alguns acreditam.


Alimentação

Outro recurso importante para os indivíduos com caspa é o de tentar seguir uma dieta mais saudável.
Portanto, adquirir hábitos alimentares saudáveis não somente melhora o problema da caspa, mas também ajuda em uma série de outros problemas relacionados com a dieta alimentar em si – por exemplo, excesso de peso e colesterol alto, entre outros.
Assim, incluir frutas, legumes e alimentos protéicos, assim como evitar o uso de gorduras animais e açucares em excesso, ajuda o corpo a se tornar mais saudável e contribui para a melhoria do problema. Uma alimentação equilibrada é uma grande aliada, pois a caspa também tem relação com desnutrição e distúrbios digestivos.

Massagem Capilar
Para ativar a circulação no couro cabeludo, uma opção recomendada é a massagem capilar. Para fazê-la, deve-se pressionar o couro cabeludo com a ponta dos dedos. Não custa nada investir cinco minutos todos os dias para desenvolver esse hábito. Além disso, a massagem também funciona como uma técnica de relaxamento.

Evite Coçar

Procure resistir a coçar as manchas, pois suas unhas podem ferir o couro cabeludo. Caso isso aconteça, suspenda o uso de qualquer xampu medicinal e passe a utilizar diariamente um xampu mais suave, como um infantil, até que as feridas cicatrizem.

Elimine o Suor
Após exercícios físicos ou atividades que causem transpiração, procure tomar banho e lavar a cabeça. O suor irrita o couro cabeludo e acelera a descamação das células da pele.

1 comentários:

' isaa * disse...

obrigada pelas dicas !
=D
beijos !